Komuz, o shamisen do Quirguistão

Remontando a historicidade do Shamisen, indo para antes do Sanxian Chinês. Encontramos uma cultura muito antiga e um instrumento com características de um elo perdido (porém vivo) na Asia Central, o Komuz.

O Quirguistão está situado no meio da Asia, onde foi a rota da seda. Em um passado mais recente, área de influência da União Soviética, se tornando independente com a sua dissolução da URSS em 1991.

O Komuz se tornou um instrumento simbolo do povo do Quirguistão. É um instrumento de três cordas, assim como o Shamisen, com um corpo que lembra um alaude medieval ou até mesmo a viola de choco brasileira, mas sem trastes.

Esse instrumento é tocado em diversas afinações, sendo que alguma delas se assemelha ao do Shamisen. Tocado com as mãos ao invés do bachi, em certos momentos o instrumento lembra a maneira de tocar um shamisen com notas rápidos com a batidas de um alaúde.

Confira alguns vídeos que eu separei para você conhecer melhor esse instrumento:

 

 

fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Quirguist%C3%A3o#Cultura

http://www.kyrgyzmusic.com/Bishkek_article1.

htmlhttps://en.wikipedia.org/wiki/Komuz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s